Síndrome de Dravet

10 jul
Síndrome de Dravet
5 (100%) 2 votes

Síndrome de Dravet – A Síndrome de Dravet é uma Encefalopatia Epiléptica Refratária rara. Sendo também chamada de Epilepsia Mioclónica Grave da Infância. A Síndrome de Dravet  tem uma incidência de 1 para cada 20.000 a 40.000 crianças nascidas.  Sendo que a Síndrome de Dravet ocorre mais em meninos do que em meninas, numa proporção de 2 para 1.

Síndrome de Dravet

Síndrome de Dravet

Síndrome de Dravet

Onde a hereditariedade é autossômica dominante, ou seja, pode ser passada de pai para filho, pois  pelo menos 25% dos pacientes têm um histórico familiar de epilepsia ou convulsões febris.

Informação

Normalmente as convulsões tem intervalos de 1 ou 2 meses entre si e são a princípio associadas a febre. Mas também podem ocorrer outros tipos de crises convulsivas, como as mioclônicas, ausências atípicas ou crises parciais complexas, que podem surgir durante o segundo ou terceiro ano de vida. A Síndrome de Dravet é muito associada ao risco de morte súbita na infância, principalmente entre os 2 e os 4 anos de idade.

Sintomas

  • Convulsões
  • Distúrbios comportamentais
  • Fotossensibilidade
  • Ataxia
  • Atraso do desenvolvimento psicomotor

Veja Também: Efeitos Colaterais de remédios para dormir

Tratamento Síndrome de Dravet

As crises convulsivas causadas pela Síndrome de Dravet, normalmente não respondem eficazmente aos medicamentos anti-epilépticos, mas o valproato e as benzodiazepinas, como o clobazam, se mostram  mais eficazes.

Mas o uso de carbamazepina e vigabatrina deve ser evitada devido ao risco de agravamento das crises convulsivas. O tratamento da Síndrome de Dravet  também inclui uma dieta cetogênica ( sem carboidratos), fisioterapia e apoio na comunicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *